sexta-feira, 15 de junho de 2012

Zé Mário - Artesão da Gastronomia - O que faz o Zé Mário?

A revista Prazeres da Mesa comemorou seus 9 anos e premiou os melhores do ano, eleitos pelo voto popular.

Foram premiados vários profissionais da gastronomia, dentre eles Alex Atala, Rodrigo Oliveira, Wanderson Medeiros, Arnor Porto, o mineiro Zé Mário, que recebeu o prêmio de Artesão da Gastronomia.

Mas, quem é o Zé Mário? Mineiro da região da Serra da Canastra, produz um dos melhores e mais saborosos queijo minas pelo método tradicional.

Conheça o Zé Mário, sua família e sua fazenda, de onde saem seus deliciosos queijos depois de produzidos e curados por cerca de 15 a 20 dias.

O tradicional queijo minas, segue rígidos padrões de produção e tem as regiões reconhecidas e delimitadas.

Aqueles queijos embalados em plástico com a denominação PADRÃO, aquele cheio de furos e de sabor ácido, o tipo frescal sem sabor. Não são o QUEIJO MINAS ARTESANAL MEIA CURA OU CURADO. São queijos tipo minas. São clones que não chegam aos pés do nosso delicioso e famoso QUEIJO MINAS.

Venha a Belo Horizonte, visitar o Mercado Central, a Loja do Itamar para provar e levar o verdadeiro QUEIJO MINAS.

São Roque de Minas - Fica no Sul de Minas, uma das entradas do Parque da Canastra - Serra da Canastra

Fazenda do Zé Mário
 Esse é o famoso Zé Mário

Esse é o Rodrigo da Loja do Itamar - Mercado Central de Belo Horizonte onde compro meus queijos minas

Fazenda simples, trabalhada pelo Zé Mário e família, impecavelmente limpa e organizada

Produção do queijo minas artesanal - higiene total
Contando causos e a tradicional hospitalidade mineira, cafézin, biscoitin, queijin.

Zé Mário, família e Rodrigo, pose especial para o blog

                            Curiosidade, você sabe que planta é essa? Ela não possui raiz.

Fotos: Rodrigo - Amigo e proprietário da Loja do Itamar, especializada em queijos e doces de Minas Gerais, no Mercado Central de Belo Horizonte.

DICA: No Mercado de BH tem também, cervejinha gelada, pinguinha da melhor procedencia, torresmin, linguicinha recheada com jiló, pastelzin de jiló, figo (figado de boi) aceboladin, lombin de porquin acebolado com jiló,  Chouricin acebolado, franguin com quiabo e muitas outras coisas deliciosas e bonitas. Tudo isso com o encanto, beleza e inteligencia da mulher mineira. Venha!!!