segunda-feira, 16 de abril de 2012

Sérgio Britto - Um grande ator e mestre do teatro brasileiro

Sérgio Pedro Corrêa de Britto, nasceu em 29 de junho de 1923 e faleceu no dia 17 de dezembro de 2011, no Rio de Janeiro, aos 88 anos

Um dos maiores atores do Brasil, foi ator, apresentador, roteirista, diretor, de teatro, cinema e televisão.
Sérgio foi diretor da primeira telenovela, Ilusões Perdidas, produzida e exibida pela TV Globo.
Estudou até o sexto ano de medicina na Faculdade da Praia Vermelha, quando participou da peça Romeu e Julieta, no papel de Benvoglio, no teatro amador universitário, foi picado pela mosca do teatro. Abandonou seus estudos e iniciou uma belíssima carreira de ator.



Foi no teatro que Sérgio realizou o grande sonho de sua vida, ser ator, e onde obteve a sua maior consagração.

Criou, atuou, dirigiu o Grande Teatro Tupi, na TV Tupi. Levaram ao ar mais de 450 peças de autores nacionais e estrangeiros. Depois migrou com o Grande Teatro para as Tvs Rio e Globo. Com ele atuaram Fernanda Montenegro, Ítalo Rossi, Natália Thimberg, Manoel Carlos,Fernando Torres,Cláudio Cavalcanti, Zilka Salaberry e Aldo de Maio. No teatro atuou em mais de 90 espetáculos.

Atuou no Teatro de Arena, fazendo parte do primeiro elenco profissional. Fez parte da Companhia Maria Della Costa e do TBC - Teatro Brasileiro de comédia.



Formou seu próprio grupo de Teatro - O Grupo dos Sete, com Fernanda Montenegro, Gianni Ratto, Fernando Torres, Alfredo Souto de Almeida, Ítalo Rossi e Lucaiana Petruccelli. Fez estrondoso sucesso com a encenação da peça O Mambembe, de Arthur Azevedo, no Teatro Municipal do Rio de Janeiro.

Sérgio Britto, atuou, dirigiu e montou muitas peças importantes e apresentou um programa na Tv Brasil, semanalmente, Arte com Sérgio Britto.

Ficamos mais pobres culturalmente e o Grande Teatro Celestial ganhou um grande interprete.

Pesquisa, foto e vídeos: Youtube, Wikipédia e Internet