segunda-feira, 16 de março de 2009

Eulaema atleticana

Agora além do galo como símbolo, temos a laboriosa abelha Eulaema atleticana, sorry periferia.
Uma rara espécie de abelha, que vive na Mata Atlântica brasileira, foi descoberta pelo biólogo e fanático torcedor do Atlético-MG André Nemésio, pós-doutorando na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Trata-se de um inseto negro, com o abdome listrado em amarelo claro e recebe o nome de Eulaema atleticana, em homenagem ao clube mineiro. Pelas regras científicas, que são internacionais, o nome passa a valer quando publicado em revista especializada. Segundo o biólogo, o periódico Zootaxa, da Nova Zelândia, deve registrar a nova espécie em sua edição nesta terça-feira (17). Na descrição oficial da abelha, o autor explica aos cientistas de todo o mundo a origem do batismo (Foto: Divulgação/UFMG)
Notícia G1