sexta-feira, 2 de setembro de 2011

Do seu amargo, faço o meu doce de jiló - Irineu de Palmira e Ivan de Corina

 Flor de Jiló - Fiori di Sonia - Flickr

Aqui em Minas Gerais, o jiló é uma iguaria fina. Come-se com frango, em salada fria, refogado com quiabo e chuchu acompanhando um frango ensopado, em linguiça de lombo de porco recheada com jiló (Loja do Luiz - Rainha da Feijoada, no Mercado Central de Belo Horizonte), em pastel de queijo com giló (também no Mercado Central - Bar do Mercado), frito com lombo de porco ou filé acebolado, como doce de compota ou cristalizado, Já deve ter até sorvete de jiló. Se tem uma coisa que mineiro gosta é de cantar e comer um jilózinho.
O Irineu de Palmira aproveitou as mazelas do amor e criou a sua receita de doce de jiló, ouça e acompanhe pela letra postada logo abaixo do vídeo.

video
Meu doce de jiló
Irineu de Palmira e Ivan da Corina

Nas mazelas do amor
Cada um com seus defeitos
Eu te carrego no peito
Cuida de mim do teu jeito.
Faço do teu amargo
O meu doce de jiló
Melhor sofrer a teu lado
Que na vida viver só.
Se eu troquei com ela
Juras pra sempre, eternas,
Se tremeu a luz da vela
O teu amor me espera.
Sigo com mais esperança
Boto fogo na fervura
Vamos levando essa dança
Inda que morra de loucura.
Faço do teu amargo
O meu doce de jiló
Melhor sofrer a teu lado
Que na vida viver só.

Abaixo, há 3 receitas de jiló, cada uma de uma maneira diferente. Você decide qual ficará mais gostosa, é só fazer e depois contar para o blog qual a sua preferida.

Doce de jiló
Ingredientes
1kg de jiló verde
1kg de açúcar cristal
1 litro de água
5 folhas de figo
4 colheres de sopa de cinza de fogão a lenha ou de churrasqueira

Modo de preparo 1º Lave bem os jilós e faça em cada um deles um corte em forma de cruz na sua parte mais "gorda, mas não vá até o fim. É só para abrir.
2º Faça um sachê com a cinza do fogão e coloque em água fervente junto com o jiló por 6 minutos. Retire, coloque outra água, agora fria, e troque duas vezes ao dia durante 3 dias.
3º Escorra a água. Leve ao fogo 1 litro de água com 1 quilo de açúcar cristal e as cinco folhas de figo. Deixe engrossar. Quando pegar ponto de calda fina, coloque os jilós e cozinhe por mais 20 minutos.


Como fazer Doce de jiló
Descascar os jilós e colocá-los numa bacia.
Tirar a ponta de cada um com uma faca, como se faz com o figo.
Num tacho de cobre, ferver os jilós na água.
Quando estiverem frios, devolvê-los à bacia e colocar água.
Deixar de molho e ir trocando a água até tirar o amargo (é preciso provar o jiló).
Repetir a operação quantas vezes forem necessárias.
Acabar de cozinhar as frutas, até que fiquem macias.
No tacho de cobre, ferver 1,5 litro de água com o açúcar e mexer sem parar.
Após a fervura, quando se obtiver uma calda fina, acrescentar os jilós.
Em fogo brando, mexer de vez em quando, cuidadosamente, para não desmanchar.
Quando a calda estiver em ponto de fio, desligar o fogo, esperar esfriar e servir.

Flor de Jiló (Blog Rural)

Doce de jiló40min
10 porções

Ingredientes 1 kg de jiló verde
6 folhas de figo
300 g açúcar
Açúcar cristal para polvilhar

Modo de PreparoCorte o jiló em fatias como se fosse fritá-lo
Coloque de molho em água e coloque na geladeira, troque a água 3 vezes ao dia durante 15 dias
Faça uma calda com o açúcar e coloque as folhas de figo para ferver junto
Acrescente o jiló devidamente escorrido
Deixe cozinhar por 10 a 15 minutos, dependendo do fogo
Passe as fatias no açúcar cristal

Foto: Sabores de Minas - Receitas: Internet - Vídeo: UNIVERSO - Letra e Música: Irineu e Silvana