segunda-feira, 1 de novembro de 2010

Escute a voz que vem de dentro ...

Lucca - Itália - Foto: UNIVERSO
Os que param, estacionam.
Mudança é progresso.
As pessoas nascem sozinhas, morrem sozinhas e sozinhas viajam pela eternidade.
Não fique na dependência do outro, deixe o outro livre para crescer também.
Cada viajante carrega a sua própria mala e esta mala se chama experiência.
A experiência é individual.
Não fique preso às coisas de fora.
Ouçamos a voz que chama e ela está no nosso universo interno.
Essa voz está nos convocando para entrar dentro de nós e nos pergunta: quem somos?
Temos que saber a resposta.
Ligue-se consigo antes de se ligar às outras pessoas.
A solidão que está reinando em toda humanidade nos dias atuais veio, justamente, para facilitar esse conhecimento.
Quando estamos em lua de mel com nossos amores, amigos e família, não temos tempo para entrar no nosso reino do céu.
O tempo urge e a urgência do autoconhecimento do homem é para fazê-lo nascer.
O nascimento é de dentro para fora.
Conhece-te a ti mesmo.
Quem és, de onde vens e para onde vais?

Não conheço o autor - Enviado pela Luciane de Curitiba
Felicidade não vem dos outros.
Vem de Você.
Só Você tem o dom de transformar sua vida.
Se está esperando outras pessoas mudarem, fazerem ou trabalharem para sua felicidade vai esperar eternamente, porque felicidade é obra somente sua.
Tudo que é valioso vem de dentro.
A pérola está dentro da concha.
O ouro está guardado dentro da terra ou dentro da água.
O valor do livro está dentro das páginas.
O tesouro está protegido dentro do cofre.
Por que o reino do céu está fora?
Fora de nós? O reino do céu está dentro de nós.
Buscamos sermos felizes por fora.
Queremos aquela carreira profissional.
Queremos aquele homem ou aquela mulher.
Desejamos possuir um belo físico.Almejamos o carro do ano, o mais moderno do que o dos amigos.
Queremos a roupa mais vistosa e, se possível, com marca famosa.
Fazemos de tudo para sermos o mais popular entre os amigos…
Buscamos a felicidade por fora de nós.
Por isso somos tão infelizes.
Ninguém pode fazer o outro feliz.
Só ele mesmo.
Não faça promessas impossíveis do tipo: benzinho farei você muito feliz!
É muita responsabilidade.
Podemos compartilhar felicidade com outra pessoa e não trabalhar dentro dela porque isso é obra individual.
Nem Deus mexe com o interior do homem.
Cada criatura é um universo único.
Não queira ser igual ao outro.
Não queira copiar o outro, o que ele veste, o que ele faz ou o que ele fala.
Seja Você mesmo.
Não copie.
Não se prenda com as opiniões dos outros.
Se Você acha que é assim diga “eu acho assim”.
Não se preocupe com as opiniões de fora, se preocupe com a sua opinião – de dentro de você.
Claro que se fizer algo errado ou que ofenda ou machuque, procure se corrigir.
Há leis que temos que respeitar, leis humanas e divinas.
Seja sincero, se não quer ou não gosta de algo, diga: “não gosto”.
E se ouvir algo que não gostou, não se sinta infeliz.
Não ligue.
Não ligar é não se deixar ofender, magoar.
Não é o outro que fez Você se magoar, é você que se deixou magoar ou ofender.
Você é que escolhe o que vai sentir e não a outra pessoa.
Os outros não mexem em nosso sentimento, só nós.
Eles estão fora, nós estamos dentro. Não se envergonhe daquilo que sentiu.
Sentir é humano.
Só as pedras não sentem raiva, orgulho, vaidade, amor, alegria…
Procure conhecer o grau dos seus sentimentos e assim, seja senhor deles, e não escravo.
Não reprima aquele sentimento que o faz se envergonhar.
Eduque-o.
Reprimir um sentimento é reprimir todos.
Repressão traz doenças na alma.
Assuma seus erros e se perdoe.
O erro leva-nos ao acerto e o acerto nos leva à ascensão.
Outra coisa importante é sobre o apego.
Não nos apeguemos às coisas, às pessoas ou situações.
Um dia as coisas serão transferidas para outros “donos”, as pessoas partirão e as situações se modificarão.
Nada está parado no Universo.