segunda-feira, 25 de maio de 2009

Pirolitos e Maçãs do Amor

Foto: UNIVERSO - Pomaire - Chile
Belos pirolitos, tempos de criança, maçãs do amor carameladas, vermelhas, imagem do pecado, tempo de gulas e dores de barriga. Como resistir ao colorido a ao tamanho?
Ser chamado de "esganado", "Olho maior do que a barriga", "Num pode ver nada que quer tudo", essa era a melhor delas, ver nada e comer tudo.
Vai ter que tomar um lumbrigueiro...
Mas que era bão dimais da conta, isso era.
Hoje, os pirolitos são vendidos protegidos por um filme de pvc, aparência de limpeza, coisa de saúde pública, antes vinham espetados numa bandeja de madeira e cobertos com um pano de prato, impecavelmente brancos e engomados.
Eram com certeza, mais saborosos. Você se lembra? Ainda guarda na retina as cores e na memória o sabor da infância?
Eu me lembro!