quinta-feira, 28 de maio de 2009

Aqui Jazz, para quem é vivo - Bill Evans

William John Evans - Bill Evans - Pianista, compositor e arranjador

Nasceu em Plainfield (Nova Jérsei) - EUA em 16 de agosto de 1929, faleceu em Nova York, dia 15 de setembro de 1980, aos 51 anos de idade, em decorrência de problemas de saúde pelo uso excessivo de drogas.

Nos ano 70 adotou um novo look, com cabelo e barba abundantes

Bill Evans era o único músico branco no afamado septeto liderado por Miles Davis. Participou da gravação de Kind of Blue, lendário disco gravado em 1959.
Da esquerda para a direita, Cannonball Adderley (sax alto), Bill Evans e Wynton Kelly (piano), Jimmy Cobb (bateria), Miles Davis (trompete), Paul Chambers (contrabaixo) e John Coltrane (sax-tenor).

Apesar de pouco tempo ( foram só 8 meses) foi uma das colaborações mais frutíferas da história do jazz. A Kind of Blue é o álbum mais vendido da história do jazz. Evans deixou o sexteto por conta de seu desejo de trabalhar em projetos próprios, pelos problemas com o uso de drogas e conflitos com outros membros da banda.

Bill foi considerado um dos mais imprtantes músicos do Jazz e tornou-se uma referência
entre os pianistas de jazz pós -50.

Suas interpretações, sua criatividade, seus fraseados e linhas melódicas, teve influência sobre uma geração de pianistas: Denny Zeitlin, Herbie Hancock, Keith Jarret, Chick Corea, e continua a influenciar pianistas da nova geração: Bill Charlap, Fred Hersch, Lyle Mays, Esbjörn Svensson.

Bill aprendeu a tocar piano aos 6 anos de idade com sua mãe que era pianista amadora. Aos 13 anos aprendeu a tocar flauta e violino.

Na década de 40 tocou em vários clubes de NY e se formou em 1950 na Southeastern Louisiana University. Mais tarde, estudou composição na Mannes College of Music.

Em 1956 gravou seu álbum de estréia, New Jazz Conceptions, para a Riverside Records, incluindo a sua mais conhecida composição, "Waltz for Debbie".

Foi chamado o Debussy do Jazz. O poeta do piano.

Clique no link abaixo, veja e ouça a interpretação de Bill de Waltz For Debby, que ele compôs para a filha de su irmão.

http://www.youtube.com/watch?v=dH3GSrCmzC8 Bill Evans - Waltz For Debby

No começo dos anos 60 Evans liderou um trio com o baixista Scott LaFaro e o baterista Paul Motian, um dos mais aclamados trios de jazz de todos os tempos. Gravaram Portrait in Jazz, (1959), Explorations, Sunday at the Village Vanguard e Waltz for Debby, todos em 1961.

Durante sua carreira Bill gravou com alguns dos maiores nomes do jazz : George Russell, Charles Mingus, Oliver Nelson, Art Farmer, Jim Hall, Freddie Hubbard, Stan Getz, com orquestras dirigidas por Claus Ogerman, e com Tony Bennett.

Para o crítico de jazz Joachim E. Berendt. Seu fraseado elegante e suas harmonias sofisticadas indicam influências de Chopin, Debussy, Ravel .
As críticas que Bill recebeu foram muitas delas por pura discriminação.

Selecionei alguns de seus sucessos para que você possa ver, ouvir e avaliar a técnica e a qualidade da música e o piano de Bill Evans. Som na caixa. É só clicar nos links abaixo:

http://www.youtube.com/watch?v=7p_dHE5hQIA The Bill Evans Trio - Summertime (1965)

http://www.youtube.com/watch?v=2UXu2ACs4Lc The Bill Evans Trio - How Deep Is The Ocean (1965)

http://www.youtube.com/watch?v=mRhVI7cpcS4 Autumn Leaves - Bill Evans

http://www.youtube.com/watch?v=a2LFVWBmoiw Bill Evans-My Foolish Heart

http://www.youtube.com/watch?v=57HnHX-BlRg Bill Evans Trio - Someday My Prince will Come

http://www.youtube.com/watch?v=HPiZoND209U Bill Evans - Jazz Piano Workshop - Beautiful Love

http://www.youtube.com/watch?v=Bgi9v8xfDwk Bill Evans Trio - The Days of Wine and Roses