terça-feira, 23 de julho de 2019

Adeus, Tchau, Bye-Bye, So long, Ciao, Té loguinho !!!

NEM SEMPRE É PRECISO NAVEGAR, BASTA UM PORTO SEGURO PARA UMA BOA CALMARIA NO VIVER

Estou me desapegando do meu BLOG DO UNIVERSO, conquistei alguns novos amigos, diversos seguidores e alguns participantes.

Muito obrigado a todos que por aqui passaram.

No momento em que duas pequenas linhas digitadas com palavras abreviadas. fotos nem sempre reais que não espelham a realidade de um momento vivido, agressões verbais gratuitas, falta de respeito ao próximo, uma divisão entre pessoas devido a opiniões diferentes, perda de amizades por não se preocupar em saber se uma das partes envolvidas em um processo ou tomada de decisão concorda o não com algum detalhe ou fato que envolva sua vida, mesmo que não seja algo diretamente com você. Me posiciono em preservar minha integridade emocional.

Me retirei também do "VAZIO DAS REDES SOCIAIS (?)" . São informações que não me motivam e não me acrescentam nada de importante. Sai das 3 em que participava.

As pessoas não estão interessadas em conversar sadiamente sobre assuntos diversos e tampouco ler longas publicações.

Enfim, achei melhor desligar o blog e o celular, poder olhar em volta, ver, registrar pessoas, fatos e imagens. Poder continuar trabalhando em outros projetos de distrações que me mantenham com uma cabeça funcionando para o meu prazer, sem ter que me estressar por nada que não valha a pena ou não me acrescente algo novo.

Ler, ouvir as músicas que gosto, fotografar e desfotografar o que vejo a cada dia, nos mínimos detalhes, do mais belo nascer do sol e seu poente. Sentir a "Mãe Natureza" urbana em sua plenitude e detalhes que consigo ver.

Sou detalhista e sei que isso incomoda. Não suporto ser manipulado por mais simples que seja a situação. Sei também que gosto de mim, mesmo com os meus defeitos.

Mas, é assim que sou, é assim que me sinto inteiro ao chegar aos meus 74 anos de vivências.

Beijão procês desse mundão arrasado.

"Até um dia, até talvez, até quem sabe...?"

Alguns trabalhos que estou fazendo no momento e que chamo de "DESFOTOGRAFANDO O UNIVERSO" 

TENHO CENTENAS  DE TRABALHOS E SÃO EXCLUSIVOS.

CLIQUE NAS IMAGENS PARA AMPLIAR.


































Esses trabalhos são criados a partir de fotos que ficam boas ou não. 

Eles estão sob direitos autorais do autor do BLOG DO UNIVERSO.

OS TRABALHOS ESTÃO À VENDA.

CONSULTE PELO MEU E-MAIL: UNIVERSO.SOARES @GMAIL.COM.

PREÇOS VARIAM CONFORME O TAMANHO DESEJADO.

14 comentários:

  1. M Helena Leal Meyer23 de julho de 2019 20:07

    Ei amigo, que pena! Mas é assim na vida: tudo tem um tempo e sempre há algo de novo a fazer. Gostaria de ter o seu email e telefone, porque acho que você mudou algumas vezes e não tenho mais. Não quero te perder.... - Um beijo muito grande ao colega, amigo, chefe todos queridos. Helena Leal

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Helena, enviei email com o endereço que tinha, mas ele voltou. Me envia um email com seu novo endereço, assim te envio so meus dados. Meu email é o mesmo: universo.soares@gmail.com. Beijos para vc e fiotins.

      Excluir
  2. Surprise! Ou será xurpraize? Se eu for abandonar as coisas que gosto quando chegar aos 74, só me restam 8 meses! É muito pouco tempo para tomar tais decisões. Será que coloco a Conceição no rol das decisões? Tratam-se de coisas difíceis, pois se eu gosto delas, foi com muito esforço que eu aprendi a conviver com elas, tornaram-se minhas manias... Como não tenho uma máquina fotográfica que preste, continuo no abstrato de meus sonhos. Quem sabe nos encontraremos lá, onde os sonhos se estocam.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Alceny, tudo bem com a família e agregados? Bem, não abri mão de coisas que eu gosto, apenas coisas corriqueiras e furadas.
      Quanto a máquina fotográfica, basta uma que faça CLIC e o que vai valer é o olhar de quem aperta o botão do CLIC. Só é preciso OLHAR e VER. Bração e juízo. Um grande abraço para vc e Conceição do tamanho do UNIVERSO.

      Excluir
  3. Xiii... Escrevi algumas coisas, cliquei no publicar, e agora desapareceu.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Seu comentário vio, ta aí em riba. Quanto a "pertar" botão errado, tá normal na nossa idade. Bjs.

      Excluir
  4. Zé Universo,
    Estou vendo aqui a sua despedida. Com todos os elogios e críticas, o seu blog virou uma marca, mesmo porque o “Universo” dá para ele uma amplitude inusitada. Acho que tem toda razão. Mensagens e diálogos digitais não acrescentam nada. Não nos damos conta disso, porque não paramos para fazer um balanço, como o que você acaba de fazer. É assim, com nada na cabeça, que o povo brasileiro elege governantes como os nossos. Quer dizer que há forças ocultas, nem sempre explícitas em agressões, mas que, culturalmente, puxam o sujeito para trás. É preciso buscar a autonomia. Não podemos ficar à mercê do retrocesso discursivo da memória, das ideologias, dos ideólogos e dos seguidores das ortodoxias. Não podemos admitir anomicamente essa poluição discursiva. Objetivamente, precisamos é ignorá-la. Spinoza falava “da coisa dada”. Enfim, viemos sozinhos a este mundo e, sozinhos, o deixaremos. O nosso destino pode até já estar traçado, mas as nossas sensações existenciais – de angústia, alegria ou tristeza – que nos levam a perceber o mundo, somente a nós pertence. Não depende de vivermos coletivamente. Mas também não podemos nos isolar, sobretudo alguém, como você, que ajuda os outros a pensar a existência. Ao fazê-lo estará se relacionando com a natureza das coisas, mesmo dadas.É o mínimo que podemos fazer para ajudar a enriquecer a existência. De qualquer maneira, não vamos salvar ninguém. Gostei muito da fotografias. Acho que dá uma bela exposição.

    Estou passando abaixo a você um último poema, no qual, como você, me posiciono diante da existência. Espero que seja útil.
    A razão

    Aos poucos, desembaraçava-se

    da submissão aos gurus, aos mitos,

    A religião e... aos mal feitos .

    Humildemente, a eles se curvara

    ao longo de uma vida.

    Tardiamente, agora, tentava

    libertar a imaginação,

    bebendo em novas fontes,

    respirando ares menos poluídos,

    desinteressado pelos lugares comuns,

    e por entulhos já puídos.





    Reconhecia naqueles mestres

    o prólogo, a essência,

    e o curso da existência,

    mas não se deixaria mais mergulhar ,

    na inconsequência, contudo,

    da completa escuridão, e da anomia.

    Também não ficaria mudo.

    Levantar-se-ia, e se poria de pé.

    Para agitar a mente com fluídas luzes,

    capazes de iIuminar apenas passos à frente.

    Bastavam-lhe ..., desde que decentes.



    Sem fechar os olhos , sem óculos, sem oráculos,

    nem alienação

    já não cobrava dos fatos a explicação.

    Reconhecia a vida, na pulsação

    das fraquezas, das fragilidades e das contradições.

    Parcebia-se , enfim, um homem, humano,

    desfrutando do seu tempo, no seu espaço,

    e não mais alguém com tolerância e calma,

    que embarcara de corpo e alma, em

    carismas, fantasmas e fantasias da memória

    destituídos já de qualquer futuro na História.

    Gurus e mitos pautaram o caminho

    da existência, da imaginação, dos preconceitos.

    Deixaram marcas visíveis

    na estrutura mental e atitudes do dia-a-dia.

    Passaram...como todos nós, envelheceram.

    Legaram, contudo, a cada um

    a liberdade de estar consigo, a sós.

    Alguns insistem em permanecer, todavia,

    nesgas de luz e de compreensão,

    indicam a chegada da autonomia,

    e o início, mesmo tardio, da razão.



    ResponderExcluir
    Respostas
    1. José Universo Soares
      14:20 (há 0 minuto)
      para ayle

      Obrigado pelas suas palavras e o poema.

      Me tocaram e emocionaram. Venho de desgarrando do óbvio coletivo aos poucos e percebo que as perdas são os de contatos de alguns poucos, exclusivos e especiais amigos pelas vias digitais sociais. Por isso mantive o gmail.
      Quanto a me manter informado e me manter alerta quanto ao fim do mundo, uso algumas vias nacionais e internacionais, pouquíssimas, já que a comunicação globalizada é repetitiva em todos os canais de Tv, rádio e imprensa escrita. Um que um publica na base da notícia o resto corta e cola. Uma grande exceção são as suas pertinentes análises, mostrando o que não está nem nas entrelinhas de muitos textos de especialistas disso e daquilo.
      Sempre entendi que a vida é feita de escolhas e que elas são minhas para o bem ou para o mal, sempre mantive a rédea da minha vida e os caminhos que queria trilhar, só ou com alguém.
      Se chorei ou se sofri, o importante é que chequei até aqui inteiro , ou quase, os arranhões, cicatrizes , tombos,levantar, recomeçar e seguir sempre rumo ao meu destino, foram com escolhas minhas, as certas e as erradas.
      Mas tô indo..., para onde, já não sei e não tenho mais tanta certeza.
      Mas, qualquer rumo que eu tome e mude as trilhas a seguir, a decisão sempre será minha. Disso eu não abro mão ou delegarei a alguém.
      Ande pelas ruas, entre em um elevador, museu, restaurante, bar, teatro, avião, trem, ônibus, igreja, templo, veja como as pessoas estão com as caras, egos, frustrações e gentilezas enterradas na tela de um "AIPHONE",
      Prefiro caminhar, andar com a cabeça erguida e livre para girar para a esquerda, direita, para cima, para trás, para baixo e captar os detalhes mais simples e belos das vidas e do cotidiano. Sempre pergunto, qual foi a última vez que um fulano viu uma flor(não vale as dos vasos em supermercados), um pássaro(não vale os covardemente presos em gaiolas), um vira lata abandonado, que passa, olha e te segue doidinho por um afago, a dignidade de um morador de rua, o olhar Raio X de uma criança em direção aos seus olhos e do sorriso que ela te dá quando percebe a sua interação e leveza de ser.
      Meu amigo e guru, mais uma vez suas palavras bateram forte e me sinto fortalecido.
      Grande abraço do tamanho do UNIVERSO e muita falta de juízo.

      Excluir
  5. Olá, Seu Universo.

    É com tristeza que vi seu e-mail sobre a despedida do Blog Universo!
    Compartilho com você de um desânimo diante do embrutecimento (e/ou emburrecimento) das pessoas no século 21, mas acredito que é saudável manter algumas opções interessantes na “blogosfera”, das quais certamente incluo sua cria (que espero entre em hibernação ao invés de extinção!).
    Acredito que blogs e redes sociais na internet continuam a ser ferramentas muito úteis para o desenvolvimento pessoal e social! Como toda ferramenta, é do usuário a responsabilidade final por resultados positivos ou negativos.
    Que dá vontade de abandonar o Brasil, o planeta, isso dá... mas fico ainda no Universo (dos vivos, dos que insistem em regar vez ou outra o otimismo).
    Mantenho meu e-mail, conta no Facebook (apesar dos pesares) e meu blog HistóriaS como um exercício de fé no presente e esperança no futuro – também uma inegável dose de vaidade – nesses tempos de indomável mundo novo (pois de admirável não tem muito).

    Desejo-lhe, sinceramente, satisfação do seu Universo, mas peço-lhe ocasional compartilhação (de suas percepções | reflexões). Animais racionais não devem sumir no vácuo, já que os irracionais se reproduzem, ocupam espaço e consumem recursos sem noção e descanso!

    Um abração procê !

    ResponderExcluir
  6. Erika (Convergencia)
    26 de jul de 2019 18:42 (há 15 horas)
    para eu

    Universo,



    Recebi seu e-mail. Li e agora repondo.

    Entendo você perfeitamente.... tem momentos que as redes sociais nos dão muita alegria, nos fazem saber como estão pessoas queridas, mas ultimamente tem trazido muita dicotomia, temas politizados sem contar as tais fake news!

    Eu passo por cima destes últimos tipos, pois num GÜENTO mais também.

    Temos que optar cada dia mais por qualidade de vida, sim.

    Escolhas existem e devem ser feitas.

    Manteremos nosso contato de e-mail, please, não me delete deste!!! Sou antiga e este meio funciona! Rs.


    Cuide-se bem e curta a vida e pessoas queridas, sempre.

    Bjs, Erika

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Erika, já fazia um bom tempo sem trocarmos notícias. Quem sempre aparece é por que está vivo, ainda.
      Obrigado , vamos nos falar sim, não estou me desligando do mundo virtual, apenas dando um novo rumo no uso da inernet.
      Beijão e muita falta de juízo!
      Grande abraço do tamanho do UNIVERSO

      Excluir

  7. Sylvio
    26 de jul de 2019 16:37 (há 17 horas)
    para eu

    Olá, Seu Universo.

    É com tristeza que vi seu e-mail sobre a despedida do Blog Universo!
    Compartilho com você de um desânimo diante do embrutecimento (e/ou emburrecimento) das pessoas no século 21, mas acredito que é saudável manter algumas opções interessantes na “blogosfera”, das quais certamente incluo sua cria (que espero entre em hibernação ao invés de extinção!).
    Acredito que blogs e redes sociais na internet continuam a ser ferramentas muito úteis para o desenvolvimento pessoal e social! Como toda ferramenta, é do usuário a responsabilidade final por resultados positivos ou negativos.
    Que dá vontade de abandonar o Brasil, o planeta, isso dá... mas fico ainda no Universo (dos vivos, dos que insistem em regar vez ou outra o otimismo).
    Mantenho meu e-mail, conta no Facebook (apesar dos pesares) e meu blog HistóriaS como um exercício de fé no presente e esperança no futuro – também uma inegável dose de vaidade – nesses tempos de indomável mundo novo (pois de admirável não tem muito).

    Desejo-lhe, sinceramente, satisfação do seu Universo, mas peço-lhe ocasional compartilhação (de suas percepções | reflexões). Animais racionais não devem sumir no vácuo, já que os irracionais se reproduzem, ocupam espaço e consumem recursos sem noção e descanso!

    Um abração procê !
    Do amigo virtual

    ResponderExcluir
  8. Olá Sylvio, vamos continuar em contato.
    Vou apenas usar a internet de uma maneira mais informativa e para manter-me atualizado .
    Acho mais saudável assim, do que ficar nesse mimimi histérico das redes sociais vazias.
    É preciso também alguma mudança para sacudir o pó e ter novas ideias.
    Obrigado pelas suas palavras, como sempre muito equilibradas.
    Grande abraço do tamanho do UNIVERSO e muita falta de juízo!

    ResponderExcluir

  9. Ciro Lisita Sampaio
    27 de jul de 2019 22:27 (há 14 horas)
    para eu


    Traduzir mensagem
    Desativar para: inglês
    Olá amigo,

    O importante é não perdermos o contato,
    O modo de fazê-lo não importa!

    Você continua com o celular para uso telefônico?
    É da operadora Vivo?

    Ciro

    ResponderExcluir