quinta-feira, 1 de setembro de 2011

Variações "sobre" o mesmo prato

Pratos rápidos, simples e saborosos para aqueles dias ou fins de semana de muita prequiça e fome. A pedidos, segue abaixo a receita do Fusilli. Caso queiram mais receitas é só mandar uma mensagem pelo campo de comentário no blog.

 Fusilli com Lagarto, champinhons e azeitonas pretas
Ingredientes:

1 lagarto pequeno cozido e fatiado fino
1 cx. de pasta Fusilli da Barilla (custa um pouco mais, o resultado é melhor. Não precisa por fio de azeite no cozimento, em 7 a 8 minutos fica no ponto al dente, saborosa). Para 2 pessoas meia caixa, come-se bem e repete.
1 frasco de Creme de leite fresco (prefiro, mais magro, fica mais leve o molho e não talha)
1 bandeja de champinhon de sua preferência (shimeji, shitake, Paris) em fatia
1 cebola média ralada (uso meia cebola ralada, fica mais leve o sabor. Não uso alho)
Azeitona preta a gosto (portuguesa, pequena, mais saborosa)
Sal quanto basta
Azeite quanto basta
Ervas a gosto, use a de sua preferência (manjericão, orégano, alecrim). Pode ser seca ou frescas. Se usar erva fresca, coloque menor quantidade. Evita do sabor ficar forte.
Noz moscada ralada a gosto (uso pouca quantidade, sabor fica mais leve)

Preparo:

Numa panela com bastante água fervente, coloque duas colheres de sopa de sal, deixe ferver novamente, coloque a pasta para cozinhar. Veja as instruções de tempo de cozimento na caixa. Não coloque o sal antes da água ferver. Se colocar antes a água demora mais tempo para chegar ao ponto de fervura.
Enquanto a pasta cozinha, numa outra panela, coloque o azeite (1 a duas colheres de sopa) e doure a cebola ralada, em seguida adicione o champinhon picado refogue, adicione o creme de leite (1/2 frasco, vai depender de quanta carne e pasta irá fazer), junte as fatias de lagarto e a noz moscada, misture levemente e deixe tomar gosto.
Adicione mais creme de leite e apure o tempero, se for fazer uma quantidade maior de pasta e carne.
Deixe dar uma fervura leve e adicione a erva de sua preferência (manjericão, orégano, alecrim)
Reserve.
A pasta estando no ponto , escorra, coloque na vasilha em que será servida e leve quente para a mesa.
Em cada prato ponha, a pasta e o molho com as fatias de carne por cima e aí é só fazer o tin tin com um vinho tinto e degustar.
Evito usar quantidade grande de temperos. O importante é que eles não ocultem o sabor dos ingredientes principais. São coadjuvantes.
Bom apetite.
Abraços do Universo
 Risoto de vinho tinto com pera, amêndoas laminadas e costelinha de porco assada

Espaguete com champinhons e ervas

Preparo dos pratos e fotos:UNIVERSO