quarta-feira, 9 de março de 2011

Aqui jazz, para quem é vivo - Sir George Shearing

Sir George Shearing, lenda do piano jazzístico e conhecido pelo clássico "Lullaby of Birdland", de 1952, morreu na segunda-feira, 14 de fevereiro, aos 91 anos. Nasceu dia 13 de Agosto de 1919, em Battersea, Londres, Reino Unido.



Shearing foi um prolífico pianista e arranjador, autor de mais de 300 composições. Ele morreu em Nova York, onde viveu nos últimos 25 anos.
"George era um homem absolutamente incrível, além de um talento incrível, ímpar. "É uma grande perda para o mundo do jazz". Declarou o seu agente Sheets.

Nascido cego e pobre numa família proletária de Londres, Shearing tocava piano em um "pub" do seu bairro antes de entrar para uma banda só de cegos, na década de 1930. Tocar na rádio BBC fez com que seu público crescesse.
Misturando swing, bop e influências clássicas modernas em suas composições, ele produziu diversos álbuns entre as décadas de 1950 e 90. Ganhou Grammys em 1982 e 83 por gravações feitas em parceria com o vocalista Mel Tormé.
Também trabalhou com os cantores Nat King Cole, Peggy Lee, Ernestine Anderson, Carmen McRae.





Em 2007, foi condecorado na Grã-Bretanha com o título nobiliárquico de SIR,por sua contribuição à música.





Como compositor, Shearing é conhecido principalmente pelos standards Lullaby of Birdland, Conception e Consternation, gravou dezenas de belas melodias : Over the Rainbow, Autumn Leaves, The Shadow of Your Smiles, Deam, A Foggy Day In London Town, Stars in My Eyes, Michelle, Yesterday, Strangers in The Night, On a Clear Day I can See Forever, Mack The Knife, Aquarius,I Had To Bee You e tantos outros emocionantes registros de sucesso. No YouTube você pode assistir os vídeos com as músicas acima citadas e outras tantas.

Shearing com seu piano, sons e fraseados limpos, mostrou que o simples pode ser o máximo.

Pesquisa, fotos e vídeos : Internet, Wikipédia e Youtube