quarta-feira, 11 de fevereiro de 2009

Explosão de cores e sabores - Restaurante Inhotim

Primeiro come-se com os olhos, depois...

No prato acima que foi deliciosamente "destroçado" na minha primeira visita a Inhotim,
pedi um carrê de cordeiro, super macio, com molho de hortelã com uma textura e suavidade no sabor sem igual, como acompanhamento cuscuz marroquino, e legumes super tenros, no ponto.


Na segunda visita, semana passada, fui de buffet e fiquei mais uma vez surpreendido com a qualidade dos ingredientes usados na elaboração dos pratos, extrema qualidade e sabor de tudo que provei e repeti.
.





Tentem adivinhar.

Ou então façam melhor. "Vão lá, vão lá, vão!"



E se não bastassem os pratos deliciosos acima, há ainda as sobremesas.
Todas preparadas no estilo bem mineirin, devagarin e deliciosamente provocantes, não há como resistir.
É docin de leite, ambrosia, abóbora, tortas, goiabada com queijin de minas (Romeu e Julieta ou Jumeu e Rolieta).
"Tão sofrendo? Tão com gastura?"
Vão pra Inhotim, levem a máquina fotográfica, cartão de memória vazio e outro de reserva.
O duro é ter de ir embora.
Esse pessoal de Inhotim poderia fazer uma bela pousada no local, passar uns dias lá seria como estar no paraíso. A Eva? Pode deixar que eu levo a minha.
Fotos: UNIVERSO